INSURGÊNCIA GLOBAL proletari

Imprimir

Comunicado nº 11 da Conferência Internacional

COM O POVO RIFENHO

 

          As organizaçons integrantes da Conferência Internacional (Agora Galiza-Unidade Popular, Nación Andaluza e Herritar Batasuna) temos subscrito umha declaraçom conjunta com a organizaçom independentista rifenha Assembleia Nacional do Rif (NAR), na que apoiamos e respaldamos as justas aspiraçons do povo rifenho à autodeterminaçom nacional e em concreto a dispor legitimamente das cidades de Ceuta e Melilha, atualmente colónias espanholas em solo rifenho:

 DECLARAÇOM CONJUNTA 

          Após as irresponsáveis declaraçons do presidente do Governo marroquino, nas que considerava que Ceuta e Melilha "som cidades marroquinas", e as igualmente irresponsáveis declaraçons da ministra espanhola de Assuntos Exteriores, que considerava que estas duas cidades som espanholas e que nom som objeto de discussom, a organizaçom Rifenha NAR (Assembleia Nacional do Rif) junto às organizaçons abaixo assinantes desejam lembrar os seguintes pontos: 

               1.-Ceuta e Melilha som ante todo cidades rifenhas, por um lado inclusive antes da existência do reino de Marrocos e por outro lado antes da colonizaçom espanhola há mais de 5 séculos.

               2.-Mais de 45% da populaçom atual das duas cidades som rifenhos.

               3.- O Rif, que desde 1926 a 1956 estivo sob ocupaçom espanhola, foi ofertado ao regime criminal marroquino em total violaçom do direito internacional.

               4.- O Estado espanhol como força ocupante do Rif entre 1912 e 1956 deve olhar com valentia a sua história, reconhecer e assumir a sua parte de responsabilidade en todos os crimes sofridos polo povo do Rif.

               5.- O povo rifenho nom está obrigado a respeitar os resultados das discussons ou negociaçons entre o Estado espanhol e o regime marroquino sobre assuntos que concernem a sua terra histórica.

10 de junho de 2021

Imprimir